Saiba como foi a season finale de 9-1-1: Lone Star (RECAP)

  • por Minha Série em 10/03/2020 - 13:30

Atenção, spoilers à frente!

A primeira temporada de 9-1-1: Lone Star terminou em alta, encerrando várias histórias tumultuadas, além de deixar as portas do corpo de bombeiros abertas para novos começos. Confira o que rolou de mais importante neste recap do fechamento da primeira temporada da série, que aconteceu ontem (9).

Começando por Michelle, que descobriu que sua irmã, há muito tempo perdida, vive em um acampamento pelos últimos três anos. Depois de passar um tempo com Iris, Michelle concluiu que ela sofria de esquizofrenia não diagnosticada, mas quando tentou levá-la para casa, Iris recusou. Seguindo alguns conselhos sábios de Owen, ela concordou em deixar Iris ficar na rua.

Embora uma segunda temporada de 9-1-1: Lone Star ainda não tenha sido oficialmente confirmada, o produtor executivo Tim Minear comentou em entrevista que não vimos o último episódio de Iris. "Se a Fox pegar o programa, acho que [o retorno de Iris] será o foco da trajetória de Michelle", disse ele.

Falando em revelações, T.K. terminou o episódio final falando aos outros bombeiros sobre sua luta contra o vício. Depois de acordar de seu coma, conhecer o garotinho que atirou nele, e sobreviver ao que parecia o apocalipse, o filho de Owen está mais certo do que nunca de que ele pertence ao corpo de bombeiros. E o mais importante, ele tambémcerto de que pertence a Carlos.

Saiba como foi a season finale de 9-1-1: Lone Star (RECAP)
FOX/Reprodução

 

Minear revelou que em uma possível segunda temporada nos mostraria o relacionamento entre T.K. e Carlos. “Eles nunca tiveram realmente um namoro. As coisas começaram muito quentes e rápidas, depois T.K. recuou e a vida seguiu (...) Poderemos aprender mais sobre quem Carlos é por meio de suas interações com T.K."

T.K. chegou a essa decisão com uma pequena ajuda de Zoe (interpretada por Natalie Zea, de The Detour), que é alguém que Minear espera que permaneça no radar para uma conrinuação de 9-1-1: Lone Star. “Eu acho Zoe incrível e Natalie também. Ela preenche a tela com talento. Ela e Owen têm uma química tão natural. Eu gosto de Owen ter alguém com quem conversar e entender o que ele está passando de maneiras que ele não pode”, conta o produtor executivo.

E vocês perceberam a não tão sutil referência ao personagem Chimney da série 9-1-1? Enquanto discutia o processo de reabilitação de T.K., Judd disse ao time: "Ouvi dizer que um bombeiro em Los Angeles tinha um pedaço de vergalhão em seu cérebro e ele estava de volta ao trabalho em menos de um mês".

Quanto à possibilidade de vermos Chimney e Judd discutindo isso pessoalmente, Minear dá pistas: "Acredito que sim".

O que você achou do final de 9-1-1: Lone Star? O que vocês esperam para uma eventual segunda temporada?

Texto escrito por Renan Salomon Müller via Nexperts.

Assuntos
Season Finale, Recap, Fox

Leia Mais

Deixe seu comentário