Crise nas Infinitas Terras: Ezra Miller em final do crossover (RECAP)

  • por Minha Série em 17/01/2020 - 18:00

Atenção! Este texto contém spoilers dos últimos episódios do crossover Crise nas Infinitas Terras

Mais de um mês após o início, o crossover das séries da DC, Crise nas Infinitas Terras, veio na noite de terça-feira com episódios consecutivos. Arrow e Legends of Tomorrow concluíram o mais ambicioso crossover da CW, com terra unificada, sacrifícios e, o mais importante, uniu os universos de cinema e televisão da DC, com participação de Ezra Miller como o The Flash.

A primeira hora, último episódio da série do Arqueiro-Verde, foi bastante emocionante e levou os espectadores para uma história de origem Monitor/Anti-Monitor (LaMonica Garrett), onde a ambição do primeiro “condenou a todos”. Enquanto isso, nos dias atuais, os sete Paragons continuavam presos no Ponto de Fuga. Para eles, Barry/Flash (Grant Gustin) estava desaparecido por meses, mas para ele, apenas dois segundos haviam se passado.

Crise nas Infinitas Terras: Ezra Miller em final do crossover (RECAP)
(Fonte: The CW/Reprodução)

O recém-morto Oliver/Green Arrow (Stephen Amell) retornou como um guia para os heróis, e revelou que a chave para salvar a todos era, de fato, a Força de Aceleração. Ele também revelou que cabia a Barry encontrar os heróis em suas próprias memórias, essencialmente salvando todos no processo.

Durante a jornada de Barry, ele encontrou um Flash alternativo, o de Ezra Miller, amarrando a Liga da Justiça e o Arrowverse. Percebemos que o Flash do filme ainda não usava o codinome. Além desse encontro, Oliver finalmente revelou o sacrifício que havia feito para salvar Barry e Kara/Supergirl (Melissa Benoist).

Crise nas Infinitas Terras: Ezra Miller em final do crossover (RECAP)
Ezra Miller e Grant Gustin como o Flash (Fonte: The CW/Reprodução)

Enquanto isso, Lex (Jon Cryer) revelou que havia feito algumas melhorias poderosas ao nocautear Kara e Ryan Choi (Osric Chau) e sair correndo em busca da dominação universal. Isso significava chegar até o Monitor e tentar montar seu próprio plano, mas graças à ação rápida de Kara, ela o interrompeu enquanto Ryan convencia o Monitor de não seguir com seus planos. Funcionou, mas não foi suficiente e todos os Paragons terminaram na Aurora do Tempo, onde o Anti-Monitor revelou que todos haviam cumprido seu destino.

Oliver enfrenta o Anti-Monitor enquanto os outros heróis (e o Lex) se uniram para lutar contra espectros do antiuniverso. No final, Oliver perdeu a vida (novamente) para marcar um fim, mas também, um começo de um novo universo.

Crise nas Infinitas Terras: Ezra Miller em final do crossover (RECAP)
(Fonte: The CW/Reprodução)

Na segunda hora, marcando o retorno de Legends of Tomorrow, esse universo estava totalmente intacto, mas com algumas mudanças, como Lex Luthor agora sendo um humanitário premiado. Um a um, percebem que agora estão todos na mesma Terra.

Os outros heróis apareciam e aprendiam sobre seu novo destino, no entanto, perceberam que estavam desfalcados, pois Oliver não estava em lugar algum. 

Crise nas Infinitas Terras: Ezra Miller em final do crossover (RECAP)
(Fonte: The CW/Reprodução)

Após enfrentarem a versão gigante de Beebo, foi aberto um caminho para Nash (Tom Cavanagh) retornar e avisar os heróis que ainda havia uma quantidade surpreendentemente grande de antimatéria entre eles, pois apesar de Oliver dar a vida pelo novo universo, não foi o suficiente para derrotar o Anti-Monitor.

Felizmente, a turma foi capaz de aguentar por tempo suficiente para que o dispositivo fosse construído, para enviarem o Anti-Monitor embora para sempre.

Crise nas Infinitas Terras: Ezra Miller em final do crossover (RECAP)
(Fonte: The CW/Reprodução)

O crossover terminou com um discurso do presidente dos EUA, que reconheceu a morte de Oliver na frente do país e pediu um momento de silêncio em nome do herói caído. Em seguida, a equipe de heróis restantes fez sua própria despedida a Ollie na frente de seu uniforme, que ficará alojado em um novo local projetado para a equipe se reunir na próxima vez que precisarem salvar o mundo.

 

Este texto foi escrito por Luís Costa via nexperts.

Assuntos

Leia Mais

Deixe seu comentário