Quais são os 10 melhores episódios de Grey's Anatomy, segundo os fãs?

  • por Minha Série em 29/07/2019 - 20:00

Se você precisasse escolher um único episódio de Grey's Anatomy como seu preferido entre todos os 344 que foram ao ar nas últimas 15 temporadas, qual seria? E qual seria seu critério: o mais trágico e que arrancou mais lágrimas; o mais intenso e que quase o fez consultar um cardiologista; ou o mais amoroso e que colocou tudo de volta em seu devido lugar?

Há quem diga que Meredith e toda a turma do Grey Sloan Memorial Hospital já deveriam ter pendurado os jalecos, outros acreditam que Shonda Rhimes perdeu a mão e já passou da hora de parar. Por outro lado, como parar se o episódio mais bem avaliado de todos os tempos no ranking do IMDb é justamente um dos últimos da 15ª temporada?

Será que o top 10 do público em geral é o mesmo que o seu? Que tal fazer sua própria lista e comparar com esta? Confira as notas dos episódios e a ordem em que eles foram classificados.

10. "Dark Was the Night" — 8x09

Nota: 9,4

Altman está finalmente abrindo seu coração para alguém: Henry, seu marido por conveniência, paciente da cardiologia. Em crise, ele é levado para a sala de cirurgia com Cristina e Weber, enquanto Teddy opera outra paciente. A cirurgiã trabalha sem saber o que está acontecendo com o esposo, e Owen é obrigado a mentir para ela e dizer que correu tudo bem com o procedimento quando, na verdade, o rapaz acaba de morrer — e Cristina está entre os membros da equipe cirúrgica.

Nesse meio tempo, Cristina e Alex estão em uma ambulância a caminho do hospital quando sofrem um acidente no meio de uma tempestade. É um episódio emocionante e insano, daqueles que deixam os fãs de Grey's Anatomy de cabelo em pé, mas também em frangalhos de tanto chorar. Afinal de contas, Henry era um personagem querido do público.

9. "Who Lives, Who Dies, Who Tells Your Story" — 14x07

Nota: 9,4

Os médicos do Seattle Grace recebem vários pacientes que foram vítimas de uma falha na montanha-russa de um parque de diversões. Quando dão entrada no hospital, no entanto, eles despertam uma familiaridade nos atendentes, pois os jovens são versões incrivelmente similares de Meredith, Alex, Cristina, Izzie e George.

Enquanto eles são atendidos, despertando todo o saudosismo do público e dos personagens, Catherine e Avery tentam convencer Meredith a ir à cerimônia do Harper Avery para o qual foi indicada — ao final, emocionada, ela realmente vence, mesmo sem ter ido receber pessoalmente o troféu.

8. "Fear (of the Unknown)" — 10x24

Nota: 9,5

Para o público, desconhecido é futuro da série sem Cristina. Esse é o episódio em que uma das personagens favoritas de todos se despede definitivamente de Grey's Anatomy. A resposta: cinco temporadas já se passaram desde então e outras duas já estavam confirmadas.

Além da despedida da cirurgiã, o fim da 10ª temporada trouxe a explosão do shopping, que causou caos total no hospital; o começo da crise no casamento de Derek e Meredith, que culminou com ele indo embora sozinho para Washington e morrendo no caminho; e a revelação de Pierce para Webber de que ela é filha de Elis Grey e, portanto, dele.

7. "The Sound of Silence" — 12x09

Nota: 9,5

Depois de 11 temporadas de puro sofrimento, seria de se pensar que Meredith ganharia uma folguinha, mas não foi o caso. Sozinha com um paciente, ela é brutalmente espancada, encontrada pelos outros médicos apenas depois de muitas horas e sua vida fica por um fio. O ataque faz com que a médica fique sem conseguir ouvir direito ou falar para expressar o que está sentindo, e o episódio é inteiro sob a perspectiva dela, em silêncio.

Uma curiosidade: esse episódio foi dirigido pelo ator Denzel Washington, sendo um dos seus mais recentes trabalhos na cadeira de diretor.

6 & 5. "It's the End of the World" e "As We Know It" — 2x16 e 2x17

Nota: 9,6

O episódio duplo logo na segunda temporada de Grey's Anatomy é consistentemente bem avaliado, conseguindo, em ambos, alcançar 9,6 nas notas dos usuários do IMDb. Neles, uma bomba está presa dentro do peito de um paciente e pode explodir a qualquer minuto. Eventualmente, a jovem paramédica que está segurando a bomba se desespera e precisa soltar o objeto, e quem acaba tendo que agir para evitar que tudo vá pelos ares é Meredith.

A bomba, é claro, explode e leva com ela o jovem oficial que estava acompanhando o processo. Enquanto isso, Bailey está prestes a ter seu filho, mas não está conseguindo fazer isso devido a um ataque de pânico, então George é o responsável por fazer com que ela consiga de fato trazer Tucker ao mundo.

4. "Now or Never" — 5x24

Nota: 9,6

O episódio que é para muitos o mais emblemático da história de Grey's Anatomy começa com todos preocupados com a saúde de Izzie, que está em uma fase complexa no tratamento do câncer e acaba de passar por uma cirurgia, e termina com todos chorando por George.

O médico toma a decisão inesperada de se alistar no exército, mas, no caminho, é atropelado por um ônibus. No hospital para receber atendimento, ele é atendido sem que os colegas saibam que é ele. Quando finalmente eles descobrem a identidade do paciente, ele vai para a mesa de cirurgia naquela cena histórica em que ele e Izzie se encontram no elevador, mas somente ela sobrevive.

3 & 2. "Death and All His Friends" e "Sanctuary" — 6x23 e 6x24

Nota: 9,6

Uma temporada depois do episódio em que nos despedimos de George, a série nos oferece dois outros momentos absurdamente eletrizantes. Em mais um capítulo duplo, respectivamente o segundo e o terceiro mais bem avaliados de Grey's Anatomy, a sexta temporada termina com o tiroteio em que o ex-paciente Gary Clark quer vingança por sua esposa ter morrido no hospital.

Médicos e enfermeiros morrem e outros são baleados, entre eles Derek, que recebe um tiro no peito. Cristina é obrigada a operá-lo com o atirador ainda no prédio, sob uma intensa pressão. No fim, se é que podemos dizer isso, tudo fica bem e Derek sobrevive.

1. "Silent All These Years" — 15x19

Nota: 9,7

O episódio mais bem avaliado de todos os tempos é também um dos mais emocionantes da última temporada. E, por mais dramáticas e incríveis que sejam diversas outras histórias envolvendo os protagonistas, foi um drama centrado em Jo Wilson que realmente tocou o coração dos fãs da série.

Tendo a médica sua própria história de abuso e violência doméstica, Jo identifica de imediato o motivo que levou uma paciente a procurar ajuda. Ainda incapaz de falar sobre o assunto e enfrentar seu abusador, ela não quer sair do quarto e não quer encarar nenhum homem no caminho para a sala de exames. Para tornar o momento possível para a paciente, Jo expulsa todos os homens do andar e organiza um corredor somente com mulheres, em uma das cenas mais incríveis, emocionantes e sensíveis de toda a série.​

E aí, como ficou o seu ranking particular? Quais são seus episódios favoritos de Grey's Anatomy de todos os tempos? Conte para nós nos comentários.

Este texto foi escrito por Lu Belin via nexperts.

Veja também: Quais foram os finais de temporada mais tristes de Grey's Anatomy?

Assuntos
Especiais, Listas

Leia Mais

Deixe seu comentário