O Rei Leão domina as bilheterias com US$ 185 milhões em sua estreia nos EUA

  • por Guilherme Haas em 21/07/2019 - 16:39

O rugido do leão foi estrondoso na estreia de O Rei Leão nos cinemas de todo o mundo (uma semana após o lançamento na China).

A produção da Disney arrecadou US$ 185 milhões neste final de semana nos Estados Unidos, estabelecendo um novo recorde de estreia para o mês de julho no país. Além disso, o longa-metragem marca a segunda maior abertura deste ano, atrás apenas de Vingadores: Ultimato (US$ 357 milhões).

Relacionado: Vingadores: Ultimato bate Avatar como filme de maior bilheteria da história

O Rei Leão também se saiu muito bem nos mercados internacionais, com mais US$ 433 milhões (a 9ª maior estreia nos territórios estrangeiros de todos os tempos). Somando os valores da China e os Estados Unidos, o filme já alcança US$ 531 milhões mundialmente!

O Rei Leão domina as bilheterias com US$ 185 milhões em sua estreia nos EUAO Rei Leão já soma US$ 531 milhões mundialmente. Fonte da imagem: Disney/Divulgação

Enquanto isso, dois filmes se aproximam da marca de US$ 1 bilhão nas bilheterias mundiais. Após cerca de dois meses em cartaz, Aladdin (também da Disney) soma US$ 989 milhões. Homem-Aranha: Longe de Casa, por sua vez, totaliza US$ 970,7 milhões após três semanas em exibição em todo o mundo e já se tornou o filme de maior sucesso do herói aracnídeo.

Veja também: Homem-Aranha: Longe de Casa tem tudo o que esperamos de um filme de super-herói (crítica)

Outro longa da Disney que está enchendo os cofres do estúdio é Toy Story 4. A animação de Woody, Garfinho e companhia passa dos US$ 860 milhões mundialmente após um mês nas salas de cinema.

Ranking das bilheterias norte-americanas no final de semana:

1. O Rei Leão (estreia)
Renda: US$ 185 milhões
Renda acumulada: US$ 236,9 milhões

2. Homem-Aranha: Longe de Casa (3ª semana)
Renda: US$ 21 milhões
Renda acumulada: US$ 319,7 milhões

3. Toy Story 4 (5ª semana)
Renda: US$ 14,6 milhões
Renda acumulada: US$ 375,5 milhões

Assuntos
Cinema, Cinema: Bilheterias

Leia Mais

Deixe seu comentário