Jessica Jones: criadora comenta final da série

  • por Minha Série em 22/06/2019 - 16:00

O texto a seguir tem spoilers da 3ª temporada de Marvel's Jessica Jones.

A série Jessica Jones chegou ao final de sua jornada na Netflix – e um final difícil para a heroína. Ela teve que enfrentar sua irmã e melhor amiga. Após Foolkiller assassinar sua mãe, Trish resolve fazer justiça com as próprias mãos e começa a matar todas as pessoas que ela considera más. Depois de ser obrigada a enfrentar Trish, Jessica resolve “pendurar as chuteiras”: compra uma passagem para ir embora da cidade, pronta para deixar Alias Investigação e a responsabilidade como super-heroína para trás. Mas, no fim, acaba resolvendo ficar.

Fonte: Netflix/Divulgação

Logo após a conclusão da série, o site EW procurou Melissa Rosenberg, a criadora e roteirista da série, para conseguir algumas respostas sobre o final de Jessica Jones.

Melissa explicou que soube com antecedência que a série seria cancelada, o que lhe possibilitou reescrever a conclusão da história, sem deixar pontos mal-resolvidos. De qualquer modo, o conflito entre Jessica e Trish sempre esteve nos planos para a 3ª temporada. “Todas as três temporadas são muito parecidas, como eu disse antes, como três atos de uma peça, e no centro de todos esses três atos está a amizade e a irmandade de Jessica e Trish. Às vezes, fica mais em segundo plano, às vezes é em primeiro plano, mas realmente queríamos que isso se tornasse primeiro plano na terceira temporada.”

O site EW ainda apontou as semelhanças entre a conclusão da história de Trish e a de Daenerys Targaryen, de Game of Thrones. Afinal, ambas as personagens vinham sendo apresentadas como heroínas, mas de repente acabaram se tornando as grandes vilãs da história. “Eu não tinha realmente feito a conexão, mas você está absolutamente certo”, confirmou Melissa. “O que eu amo em ambas as personagens e em ambos os enredos é que não é específico de gênero. O poder corrompe, independentemente de você ser homem ou mulher.”

Fonte: Netflix/Divulgação

Melissa também comentou sobre a mudança no relacionamento de Jessica e Trish nas 3 temporadas. Trish servia de “bússola moral” para Jessica na 1ª temporada, sempre guiando a heroína; na 2ª temporada, Jessica vê que “Trish não é necessariamente aquela bússola moral”. Já a 3ª temporada apresenta Jessica Jones sem ter a amiga e irmã como guia, por isso a personagem acaba ficando perdida com tudo isso. “Ela tenta ser sua própria bússola moral e falha, porque ela não consegue encontrar o preto e o branco. Ela não consegue ver nada em preto e branco; são todos tons de cinza.”

“Foi uma experiência extraordinária, uma oportunidade incrível, mergulhar em um personagem em um mundo ao qual me senti tão ligada e que tanto me inspirou”, concluiu Melissa.

A 3ª – e última – temporada de Jessica Jones está disponível na Netflix.

Este texto foi escrito por Marcelo Omega via nexperts.

Assuntos
Spoilers, Netflix, Marvel, Quadrinhos/HQs, Streaming, Summer Season 2019

Leia Mais

Deixe seu comentário