40 séries históricas que você ainda precisa assistir

  • por Minha Série em 01/05/2019 - 13:15

Independentemente do nível de fidelidade aos fatos, séries históricas proporcionam bons momentos de entretenimento e tendem a despertar interesse sobre os períodos que abordam.

Pensando nisso, acessamos o IMDb para descobrir quais são os seriados históricos preferidos dos usuários do site e compartilhar uma lista com você. Então continue a leitura!

1. Band of Brothers

Baseada em um livro de não ficção escrito pelo historiador Stephen E. Ambrose, Band of Brothers foi produzida por Steven Spielberg e Tom Hanks para a HBO, que exibiu seus 10 episódios em 2001.

A série conta a história de uma unidade do exército dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. O foco é a camaradagem entre os membros, homens absolutamente comuns que fazem coisas extraordinárias.

2. O Auto da Compadecida

Sim, uma das séries históricas preferidas dos usuários do IMDb é brasileira! Baseada na peça de Ariano Suassuna, O Auto da Compadecida foi produzida pela Rede Globo em 1990 e serviu como base para o filme homônimo lançado em 2000.

Ambientada no sertão paraibano na década de 1930, a trama acompanha João Grilo e Chicó, que sobrevivem de pequenos golpes. Eventualmente, eles se envolvem com Severino de Aracaju, um temido cangaceiro da região.

3. Narcos

Embora seja estrelada pelo brasileiro Wagner Moura e gravada na Colômbia, Narcos é uma série norte-americana produzida por Chris Brancato, Carlo Bernard e Doug Miro para a Netflix.

As duas primeiras temporadas contam a história de Pablo Escobar, que se torna um dos homens mais poderosos da Colômbia por conta de seu sistema de produção e distribuição de cocaína.

4. Peaky Blinders

Atualmente no ar, Peaky Blinders é uma série britânica exibida pela BBC Two, criada por Steven Knight e produzida por Caryn Mandabach Productions, Screen Yorkshire e Tiger Aspect Productions.

O enredo se desenrola em Birmingham (Inglaterra) logo após a Primeira Guerra Mundial e acompanha a família Shelby, que tem um grande esquema ilegal de apostas em corridas de cavalos.

5. Rome

Rome é grandiosa! A série é fruto de uma parceria entre três países (Reino Unido, Estados Unidos e Itália), criada por três pessoas (John Milius, William J. MacDonald e Bruno Heller) e exibida em três canais (HBO, BBC Two e Rai 2).

O pano de fundo da história é a transição de Roma de república para império. Embora vários dos personagens sejam baseados em pessoas reais, os protagonistas, Lucius Vorenus e Titus Pullo, são semificcionais.

6. Deadwood

Deadwood é uma série do gênero faroeste que foi exibida originalmente pela HBO entre 2004 e 2006. Em 31 de maio de 2019, o canal lançará um filme que pode ser considerado a continuação do seriado.

A trama se passa por volta de 1870, durante a corrida do ouro nos Estados Unidos pós-Guerra Civil, em uma cidade na qual não há lei e que atrai aventureiros em busca de riquezas e oportunidades.

7. Downton Abbey

Criada por Julian Fellowes, Downton Abbey foi exibida originalmente pela emissora britânica ITV entre 2010 e 2015. Assim como Deadwood, ela ganhará uma continuação em filme, que será lançado em 13 de setembro de 2019.

Situada em um condado fictício de Yorkshire após o naufrágio do Titanic, Downton Abbey é o cenário do relacionamento entre uma família aristocrática e seus empregados em uma sociedade em transformação.

8. The Crown

The Crown foi criada por Peter Morgan e realizada pela Left Bank Pictures e pela Sony Pictures para a Netflix. Inclusive, essa foi umas das séries mais caras produzidas para o serviço de streaming!

O objetivo é abordar o tempo da Rainha Elizabeth II no trono do Reino Unido. Para isso, serão filmadas 6 temporadas de 10 episódios, com os atores sendo trocados a cada 2 anos.

9. Boardwalk Empire

Boardwalk Empire é outra série histórica exibida originalmente pela HBO. Com o piloto dirigido por Martin Scorsese, foram 56 episódios distribuídos em 5 temporadas, de 2010 a 2014.

Seu protagonista é Nucky Thompson — personagem semifictício baseado em Enoch L. Johnson —, um político que ganha destaque em Atlantic City, Nova Jersey, durante o período da Lei Seca.

10. John Adams

Baseada na biografia de mesmo nome, escrita pelo historiador David McCullough, John Adams é uma série de 10 episódios que foi exibida pela HBO — sempre ela! — em 2008.

Naturalmente, a história acompanha o pai fundador e segundo presidente dos Estados Unidos, John Adams. Assim, são exibidos os principais acontecimentos dos primeiros 50 anos do país.

11. Mad Men

Mad Men foi criada por Matthew Weiner e produzida pela Lionsgate Television. Com 92 episódios, a série foi transmitida pelo canal a cabo AMC entre os anos 2007 e 2015.

Os personagens principais trabalham em uma agência de publicidade fictícia em Nova York e sentem os impactos das transformações culturais dos Estados Unidos ao longo da década de 1960.

12. Vikings

Exibida pelo History, Vikings foi criada por Michael Hirst, que têm outras produções históricas no currículo, como a série The Tudors e os filmes sobre a Rainha Elizabeth I protagonizados por Cate Blanchett.

A trama tem como base as sagas de Ragnar Lothbrok, um rei lendário da Dinamarca e da Suécia, que teria feito muitos ataques contra a França e a Inglaterra anglo-saxã no século IX.

13. Outlander

Desenvolvida por Ronald D. Moore e produzida pela Sony Pictures Television e pela Left Bank Pictures para o canal a cabo Starz, Outlander é inspirada no romance histórico escrito pela autora Diana Gabaldon.

A protagonista é Claire Randall, uma enfermeira da Segunda Guerra Mundial que viaja no tempo após o fim do conflito e acaba parando em meados do século XVIII, durante os levantes jacobitas na Escócia.

14. Spartacus

Spartacus é mais uma das séries desenvolvidas para o canal a cabo Starz. Criada por Steven S. DeKnight, ela foi ao ar de 22 de janeiro de 2010 a 12 de abril de 2013.

Como o nome já entrega, a grande inspiração dela foi Spartacus, um gladiador da Trácia — região que hoje corresponde a Grécia, Turquia e Bulgária — que liderou uma revolta de escravos contra a república romana entre 73 a.C. e 71 a.C.

15. A Casa das Sete Mulheres

Outra série da Rede Globo que tem boas avaliações dos usuários do IMDb é A Casa das Sete Mulheres, que foi baseada no romance de mesmo nome da escritora Letícia Wierzchowski.

O cenário é uma das revoltas regenciais, a Revolução Farroupilha, que aconteceu na Região Sul do Brasil entre 1835 e 1845. As personagens que dão nome à produção fazem parte da família do líder dos farrapos, Bento Gonçalves.

16. Call the Midwife

Exibida pela BBC, Call the Midwife foi criada por Heidi Thomas, inspirada nas memórias de uma enfermeira que se chamava Jennifer Worth e trabalhava para uma ordem anglicana em Londres.

A série foca um grupo de parteiras que atuam em uma área pobre da capital inglesa em meados do século XX e, portanto, precisam lidar com situações adversas para garantir a saúde das mães e dos bebês.

17. The Americans

The Americans é um thriller criado por Joe Weisberg e exibido pelo canal a cabo FX. Soma 6 temporadas e 75 episódios que foram ao ar entre 30 de janeiro de 2013 e 30 de maio de 2018.

Os protagonistas são Elizabeth e Philip, espiões da União Soviética que vivem nos Estados Unidos durante a Guerra Fria. Eles posam como um casal norte-americano exemplar durante o dia e fazem seu trabalho à noite.

18. The Last Kingdom

Baseada nas "Crônicas Saxônicas" do escritor Bernard Cornwell, The Last Kingdom foi produzida originalmente pela BBC Two e pela BBC America. Atualmente, ela pertence apenas à Netflix.

O protagonista é um personagem semifictício, Uhtred, um nobre saxão que é capturado pelos vikings ainda criança. Quando cresce, ele precisa escolher se será leal ao local de nascimento ou ao povo de criação.

19. Upstairs, Downstairs

Certamente, essa é umas das produções mais antigas desta lista de séries históricas. Seus 68 episódios foram transmitidos pela ITV entre 1971 e 1975. Em 2010, Upstairs, Downstairs ganhou uma continuação na BBC One.

A premissa é bem parecida com a de Downton Abbey: mostrar a relação entre empregadores e empregados na medida em que a aristocracia britânica decai. Assim, passamos por vários fatos importantes do começo do século XX.

20. Hell on Wheels

Hell on Wheels é uma série de faroeste criada por Tony Gayton e Joe Gayton. Originalmente, foi exibida pelo canal a cabo AMC entre 6 de novembro de 2011 e 23 de julho de 2016 com 5 temporadas e 57 episódios.

A trama mostra a construção da primeira ferrovia transcontinental dos Estados Unidos e a vida das pessoas que passam pelo acampamento móvel que a acompanha: trabalhadores, mercenários, prostitutas, entre outros.

21. Isabel

Isabel é uma série de origem espanhola, produzida pela Diagonal TV e dirigida por Jordi Frades. Suas 3 temporadas, que somam 39 episódios, foram transmitidas pelo canal público Televisión Española de 2012 a 2014.

A história narra a vida de Isabel, a Católica, que foi rainha reinante de Castela e Leão entre 1474 e 1504. Por meio de seu casamento com Fernando, ela também foi rainha consorte de Aragão e imperatriz do Império Bizantino.

22. Os Maias

Inspirada no romance homônimo do escritor Eça de Queiroz, Os Maias é o resultado de uma parceria entre a emissora brasileira Rede Globo e o canal português SIC. A série foi ao ar em 2001 e conta com 42 capítulos.

Os personagens principais são membros de uma família tradicional de Lisboa. Com a ajuda deles, é apresentada a aristocracia portuguesa da metade do século XIX, já em decadência.

23. Poldark

Poldark é baseada no romance histórico de mesmo nome, escrito por Winston Graham. Ao longo de seus 35 episódios, transmitidos pela BBC desde 2015, a série passou pelas mãos de vários diretores.

Depois de participar da Guerra de Independência dos Estados Unidos, Ross Poldark volta para a Inglaterra e descobre que seu pai morreu, sua propriedade está arruinada e sua amada ficou noiva de seu primo.

24. The Pacific

The Pacific existe no mesmo universo de Band of Brothers. Produzida por HBO, Playtone e DreamWorks, ela estreou em 14 de março de 2001 e tem 10 episódios.

Enquanto Band of Brothers aborda a participação do exército dos Estados Unidos nos fatos da Segunda Guerra Mundial que aconteceram na Europa, The Pacific foca o Oceano Pacífico e seus arredores.

25. A Muralha

Sim, essa é mais uma série da Rede Globo que os usuários do IMDb parecem adorar! Inspirada no romance homônimo de Diná Silveira de Queirós, A Muralha foi ao ar em 2000 e é composta por 51 capítulos.

O pano de fundo da produção é o período em que os bandeirantes exploram o território brasileiro. A muralha à qual o título faz referência é a Serra do Mar, que dificulta as incursões ao interior.

26. Victoria

Victoria é uma série britânica escrita por Daisy Goodwin e exibida pelo canal ITV. Atualmente, a produção conta com 25 episódios distribuídos em 3 temporadas.

Ao longo deles, acompanhamos a vida da Rainha Vitória, que é considerada uma das mais importantes da história do Reino Unido. Seu reinado, de 1837 a 1901, foi tão marcante em várias frentes que é conhecido como Era Vitoriana.

27. Blackadder

Na verdade, Blackadder é um conjunto de quatro séries de comédia da BBC. Apesar de antigas — foram ao ar entre 1983 e 1989 —, entraram para nossa lista por contarem com Rowan Atkinson no elenco.

Cada uma das séries se passa em um período da história da Inglaterra: a primeira na Guerra das Rosas; a segunda no reinado de Elizabeth I; a terceira durante a Regência Britânica; e a quarta na Primeira Guerra Mundial.

28. Marco Polo

Considerada uma das primeiras grandes produções da Netflix, criada por John Fusco, Marco Polo tem 2 temporadas e 20 episódios que chegaram ao serviço de streaming entre 2014 e 2016.

A série mostra os primeiros anos em que o personagem-título, um famoso mercador veneziano, passa na corte de Kublai Khan, o khagan do Império Mongol e fundador da Dinastia Yuan, que ficou no poder entre 1271 e 1368.

29. North and South

North and South também é um conjunto de 3 séries que foram exibidas pela ABC nos anos 1985, 1986 e 1994. As produções têm como base a trilogia de mesmo nome do escritor John Jakes.

A trama se passa antes, durante e depois da Guerra Civil dos Estados Unidos. Os protagonistas, Orry Main, da Carolina do Sul, e George Hazard, da Pensilvânia, são amigos que acabam ficando de lados opostos no front.

30. The Tudors

Assim como em Vikings, Michael Hirst é o criador de The Tudors. Inclusive, ele escreveu todos os 38 episódios da série, que foram transmitidos pelo canal a cabo Showtime entre 2007 e 2010, em um total de 4 temporadas.

Apesar de o título fazer referência à Dinastia Tudor, a série cobre apenas uma parte do tempo de Henrique VIII no trono da Inglaterra e apresenta as seis esposas pelas quais ele ficou famoso.

31. Wolf Hall

Wolf Hall é uma série da BBC Two e tem como base 2 romances da escritora Hilary Mantel: "Wolf Hall" e "Bring Up the Bodies". Os 6 episódios que compõem a única temporada foram exibidos em 2015.

Assim como The Tudors, Wolf Hall se passa durante o reinado de Henrique VIII. No entanto, o protagonista é Thomas Cromwell, secretário do Cardeal Wolsey e, eventualmente, conselheiro do rei.

32. Hatfields & McCoys

Hatfields & McCoys é uma série de faroeste produzida pelo History. Composta por apenas 3 episódios com 2 horas cada, ela foi originalmente ao ar nos dias 28, 29 e 30 de maio de 2012.

O seriado conta a história de dois homens reais, Anse Hatfield e Randall McCoy, que lutam juntos na Guerra Civil Americana. Porém, quando voltam para casa, eles criam uma rivalidade que acaba envolvendo as famílias.

33. The Bletchley Circle

The Bletchley Circle foi produzida e transmitida pelo canal ITV. Trata-se de uma série britânica que teve 2 temporadas e 7 episódios exibidos na TV entre 6 de setembro de 2012 e 27 de janeiro de 2014.

Uma dona de casa que quebra códigos usados pelos alemães durante a Segunda Guerra Mundial encontra um padrão similar quando algumas mulheres são assassinadas em Londres. Com isso, ela tenta rastrear o autor dos crimes.

34. Medici

Medici ainda está no ar, tem dois criadores (Frank Spotnitz e Nicholas Meyer), é produzida por dois países (Reino Unido e Itália) e tem duas temporadas ("Masters of Florence" e "The Magnificent").

A série se passa em Florença, no século XV. O protagonista é Cosimo, que é eleito chefe da República Florentina, em 1434, e herda o Banco de Médici do pai, Giovanni, que é misteriosamente envenenado.

35. The Borgias

The Borgias parece ter sido criada para preencher o espaço que The Tudors deixou no Showtime. A série foi escrita por Neil Jordan e teve 29 episódios distribuídos em 3 temporadas exibidas de 2011 a 2013.

Os personagens principais são membros de uma família proeminente da Itália durante o Renascimento Cultural. O patriarca é Rodrigo, um homem com sede de poder que se torna o Papa Alexandre VI sob circunstâncias duvidosas.

36. Versailles

O número 2 também é importante para Versailles: ela foi criada por duas pessoas (Simon Mirren e David Wolstencroft) e produzida por dois países (França e Canadá) para dois canais (Canal+ e Super Channel).

Ao longo dos 30 episódios que compõem as 3 temporadas, transmitidas entre 2015 e 2018, acompanhamos a construção do Palácio de Versalhes e as intrigas políticas do reinado de Luís XIV de França.

37. The White Queen

A série The White Queen, da BBC, foi inspirada em três romances históricos da autora Philippa Gregory ("The White Queen", "The Red Queen" e "The Kingmaker's Daughter") e conta com 1 temporada de 10 episódios exibida em 2013.

As protagonistas são Elizabeth Woodville, Margaret Beaufort e Anne Neville, que têm diferentes tipos de ligação com homens que reivindicam o trono da Inglaterra no período que ficou conhecido como Guerra das Rosas.

38. Mr. Selfridge

Mr. Selfridge teve como fonte de inspiração o livro "Shopping, Seduction & Mr. Selfridge", uma biografia escrita por Lindy Woodhead. A produção teve quatro temporadas com dez episódios cada e foi ao ar pela ITV.

Como o nome já entrega, o protagonista é Harry Gordon Selfridge, o fundador da loja de departamentos Selfridges, estabelecimento que revoluciona a forma como as pessoas fazem compras em Londres no começo do século XX.

39. The White Princess

The White Princess é baseada no livro homônimo de Philippa Gregory e pode ser considerada a continuação de The White Queen. Seus 8 episódios foram transmitidos pelo Starz em 2017.

Com o casamento de Henrique VII e Elizabeth de York, a Guerra das Rosas finalmente chega ao fim. Contudo, a falta de confiança entre o casal e as ambições políticas de suas mães continuam a ameaçar o trono inglês.

40. Reign

Reign é uma criação de Laurie McCarthy e Stephanie Sengupta para o canal The CW. A série é composta por 4 temporadas que somam 78 episódios e foram exibidas entre 2013 e 2017.

A protagonista é Mary, a rainha da Escócia, que é levada para a França para se casar com Francis, o herdeiro do trono. Mas a adaptação não é tão fácil para ela, já que a corte francesa é cheia de intrigas políticas e sexuais.

O que você acha de nos ajudar a expandir esta lista de séries históricas? Conte quais são suas favoritas que ficaram de fora e ajude outros leitores a conhecerem essas produções; é só deixar um comentário!

Este texto foi escrito por Kamylla Silva via nexperts.

Assuntos
Especiais, Melhores Séries, Listas

Leia Mais

Deixe seu comentário