Shazam! explora sonho de todo garoto de ser super-herói (crítica)

  • por Guilherme Haas em 02/04/2019 - 23:28

Todo garoto já sonhou um dia em ser um super-herói, voar como o Superman, ser à prova de balas ou, quem sabe, ficar invisível.

Shazam!, o novo filme da DC nos cinemas, explora essa ideia através da história de Billy Batson, um menino órfão que se transforma em uma versão adulta e com superpoderes ao pronunciar a palavra mágica “Shazam”, acrônimo dos nomes Salomão, Hércules, Atlas, Zeus, Aquiles e Mercúrio.

Com a ajuda de seu amigo e irmão adotivo Freddy, que é obcecado por super-heróis, Billy começa a testar e a entender suas novas habilidades. Sendo apenas um garoto no corpo de um super-herói adulto, Batson tem comportamentos tipicamente adolescentes, como esperado, tentando ganhar alguns trocados ou entrar em lugares proibidos para menores.

Logo, porém, o herói tem o chamado à ação quando surge a ameaça do Dr. Silvana, um supervilão que, diferente de Billy, caiu na tentação dos pecados capitais em seu anseio por poder. Para enfrentar o inimigo, o garoto órfão precisará aprender a contar com os outros e provar que é “puro de coração”.

Divulgação: Warner Bros. Pictures

A jornada do super-herói pode ser previsível desde o começo, mas o novo filme da DC conta com divertidas sequências de “aprendizado” de Shazam e com belas mensagens – especialmente para os garotos na faixa de idade de Billy e Freddy – sobre valores como comprometimento, responsabilidade e ajudar o próximo.

Shazam! se beneficia também do excelente elenco, se apoiando no carisma e no timing cômico de Zachary Levi (de Chuck) no papel titular, além da incrível (e inesperada) dramaticidade da dupla Asher Angel e Jack Dylan Grazer, como os amigos Billy e Freddy, respectivamente.

A combinação de temas e elementos tem um resultado verdadeiramente poderoso nas telas, proporcionando um filme que deverá agradar e divertir o grande público, ao mesmo tempo que instiga sentimentos nobres em garotos que sonham em ser super-heróis.

Shazam! estreia nesta quinta-feira, dia 4 de abril, nos cinemas brasileiros.

Assuntos
Cinema: Estreias no Brasil, Cinema, Cinema: Crítica, DC, Quadrinhos/HQs

Leia Mais

Deixe seu comentário