O Menino Que Queria Ser Rei: filme pode dar prejuízo de US$ 50 mi para a Fox

  • por Minha Série em 31/01/2019 - 17:24

Um dos primeiros fracassos de bilheteria de 2019 já tem seu primeiro título definido: O Menino Que Queria Ser Rei, nova aventura produzida pela 20th Century Fox, faturou míseros US$ 7 milhões em seu final de semana de estreia nos Estados Unidos.

Orçado em torno de US$ 60 milhões, o longa infantojuvenil chegou a 3.521 salas em solo americano e não cativou as audiências que, certamente, estão pouco estão interessadas em assistir a mais outra história sobre Rei Arthur – ou até mesmo ao recente Robin Hood: A Origem, que arrecadou pouco mais de US$ 83 milhões mundialmente e não conseguiu pagar seu orçamento de US$ 100 milhões. Vale lembrar que, em 2017, o diretor Guy Ritchie lançou o seu Rei Arthur: A Lenda da Espada e também ficou no prejuízo. Mesmo com um elenco estelar formado por Charlie Hunnam, Eric Bana, Jude Law, Djimon Honsou e Aidan Gillen, o épico acumulou um total de US$ 148 milhões contra os US$ 175 milhões que custou para ser produzido.

(Divulgação/20th Century Fox)

O Menino Que Queria Ser Rei apresenta a história de um destemido garoto que obtém a espada Excalibur e precisa conter a ameaça de Morgana, a irmã do lendário herói medieval, mas não possui elenco famoso nem com diretor notório. Dirigida e escrita por Joe Cornish, responsável por Ataque ao Prédio e pelos roteiros de Homem-Formiga e As Aventuras de Tintim, a aventura familiar conta com participações breves de Patrick Stewart (o Professor Xavier de X-Men e o Capitão Pickard de Star Trek) e Rebecca Ferguson (Missão: Impossível 5 e 6) e é protagonizada pelo novato Louis Ashbourne Serkis, filho do ator e diretor Andy Serkis (Mogli: Entre Dois Mundos, o Gollum de O Senhor dos Anéis).

Em territórios internacionais, o longa arrecadou apenas US$ 10,45 milhões; segundo a Variety, estúdios rivais estimam que a Fox tenha um prejuízo de US$ 50 milhões, visto que os custos de marketing também aumentam a conta, que ainda pode ser amenizada com a venda de direitos de transmissão para a TV.

No Brasil, O Menino Que Queria Ser Rei estreia nesta quinta-feira, dia 31 de janeiro.

Este texto foi escrito por Thiago Cardoso via nexperts.

Assuntos
Cinema, Cinema: Bilheterias

Leia Mais

Deixe seu comentário