The Blacklist: o jogo muda para Reddington na estreia da 6ª temporada (spoilers)

  • por Guilherme Haas em 09/01/2019 - 02:16

Red está em apuros. A estreia da 6ª temporada de The Blacklist, com os dois primeiros episódios exibidos na última semana pela NBC nos Estados Unidos, coloca o adorado e temido anti-herói em uma nova e perigosa condição, enquanto Elizabeth toma a dianteira no intricado jogo de gato e rato que se estabeleceu entre ela e o criminoso que se passa pelo seu pai.

Após os acontecimentos da última season finale, quando Liz descobriu que Reddington é na verdade um impostor que tomou o lugar do verdadeiro Raymond, a dinâmica entre os personagens muda em definitivo neste início de temporada. A agente do FBI se une à sua meia-irmã, Jennifer, para investigar quem é o homem que assumiu a identidade de Red há 30 anos e se tornou a pessoa mais procurada dos Estados Unidos (e possivelmente do mundo).

Os dois episódios iniciais da 6ª temporada de The Blacklist exploram esses temas da troca de identidade quando Red apresenta para a Força Tarefa um novo nome de sua Lista Negra: um cirurgião plástico famoso por dar novas faces para criminosos – e de quem o impostor Reddington foi cliente, assumidamente. Os motivos para Raymond lançar esse caso para o FBI neste momento são, como sempre, obscuros e enigmáticos; o que serve de alerta para Liz, que acha que o criminoso pode estar desconfiado sobre o que ela descobriu de sua ossada na maleta.

A 6ª temporada de The Blacklist estreia com uma divertida sequência de rouba a banco com Reddington.

O roteiro dos capítulos iniciais tem momentos inspirados sobre a suspeita mútua entre os personagens, com Liz perguntando “Quem é você, e o que você fez com Raymond Raddington?” ao ver o Red impostor se exercitando e cortando os carboidratos, ou com um discurso inspirador (e hilário) do criminoso em plena ONU falando sobre a história de Cary Grant e como o ator precisou assumir uma nova identidade para se tornar quem verdadeiramente era.

Na narrativa de ação, apesar da corrida da Força Tarefa para capturar Moreau, o perigoso terrorista nacionalista por trás do rapto do cirurgião plástico, a equipe só consegue evitar o ataque orquestrado na sede das Nações Unidas. Porém, na saída da ONU, Reddington acaba detido por um policial e levado para a prisão!

No final da season premiere, vemos Harold tentando negociar com a promotoria federal a libertação de Reddington ao mostrar todo o bem que foi feito pela parceria com o infame criminoso. No entanto, as tentativas do diretor da Força Tarefa são infrutíferas, e Red é levado para a detenção.

Liz tem um encontro com seu suposto pai na cela, onde ele revela sua suspeita de que alguém o traiu. Reddington levanta essa desconfiança pela forma como foi abordado silenciosamente pelos policiais e diz estar determinado a descobrir quem o entregou. Na última sequência do episódio duplo, Liz confessa para sua meia-irmã que teme o que vai acontecer quando Red souber que foi ela própria quem armou contra ele.

Reddington acaba na prisão enquanto Liz investiga o impostor que se passa pelo seu pai.

Nessa relação entre a agente e o manipulador criminoso, é difícil saber quem se sente mais traído, não é mesmo? Ao mesmo tempo, a história entre Liz e Red é tão complicada que podemos entender o sentimento de confusão da agente Keen ao entregar o impostor, colocando sua vida em risco na prisão.

Com essa premissa, a 6ª temporada de The Blacklist estabelece um nova fase para a história dos protagonistas (ainda queremos ver mais de Aram e Samar!), com suspense e mistério renovados para manter os fãs interessados pelos próximos episódios.

Relacionado: The Blacklist: 6ª temporada estreia com nova dinâmica entre Liz e Red

Assuntos
Spoilers, Midseason 2019

Leia Mais

Deixe seu comentário