Epidemia da AIDS e Madonna: veja os detalhes da 2ª temporada de Pose

  • por Minha Série em 10/08/2018 - 06:00

Durante a última comitiva da Associação de Críticos de Televisão, o produtor Ryan Murphy (American Horror Story e Glee) revelou detalhes e novidades para a 2ª temporada de Pose, série do canal FX, que acabou de exibir a 1ª. Os roteiristas devem voltar ao trabalho a partir do próximo mês para definir quais serão as novas histórias de Blanca, Angel, Prey Tell e demais personagens.

Segundo apurou o The Hollywood Reporter, os novos episódios de Pose terão um salto no tempo que nos levará diretamente para o ano de 1990, acompanhando a repercussão do lançamento do single de sucesso "Vogue", da cantora Madonna, dentro da comunidade LGBTQ.

“Eu adoraria falar com a Madonna, mas não sei se ela estaria disposta a se interpretar no ano de 1990”, contou Murphy aos jornalistas. “A música captou algo desconhecido dessa cultura e a tornou mainstream, e essa temporada será sobre nossos personagens, como a comunidade deles foi feita para o mundo conhecer”, completa. Segundo o autor, foi o episódio temático de Glee inspirado na cantora que germinou uma semente no relacionamento entre os dois.

Epidemia da AIDS como foco central da nova temporada

O início dos anos 90 também foi marcado pelo alastramento do vírus do HIV, e a discussão sobre a epidemia também será um dos principais focos da 2ª temporada. “Foi uma reunião de roteiristas com muita emoção. Houve sempre muitas risadas e bastante choro, e muito do que passamos é retratado na série. Mas o principal tema da história é a perseverança”, conta Murphy.

Na 2ª temporada, também poderemos observar mais sobre o diagnóstico HIV positivo de Blanca (Mj Rodriguez) e Prey Tell (Billy Porter). “Existe uma responsabilidade e uma dura resposta, e eu acho que nós veremos na série. Ainda não temos muitos detalhes, mas o principal foco da 2ª temporada será a batalha de Blanca e Prey contra o HIV”, indica Murphy.

Billy Porter afirmou que a reação dos espectadores impressionou a equipe criativa de Pose. “Existe uma espécie de ‘terapia’ que foi iniciada com a série”, ele conta. “Vários amigos que não falavam comigo há anos me ligaram... ‘É catártico’, eles disseram”. O ator completa: “Alguém me disse: ‘é a culpa de um sobrevivente... Nós sobrevivemos a uma praga’”.

O painel com os jornalistas aconteceu semanas após a conclusão da 1ª temporada de Pose – e o anúncio de renovação da série. A coletiva serviu como uma volta da vitória para os criadores Ryan Murphy e Steven Canals, assim como para Janet Mock (produtora, diretora e roteirista), Our Lady J (roteirista) e os atores Mj Rodriguez (Blanca), Dominique Jackson (Elektra), Indya Moore (Angel) e Billy Porter (Pray Tell), que estavam presentes.

Por Pose, Janet Mock entrou para a história como a primeira mulher trans negra a dirigir um episódio de televisão; a série também foi bastante aclamada pelo número de atrizes e atores trans a interpretarem personagens transgêneros, tornando-se a produção com o maior número de personagens LGBTQ em uma obra do gênero.

O cocriador Steven Canals apontou o seu orgulho em poder empoderar a comunidade trans com a exploração de história acerca da cultura dos bailes dos anos 1980. “Mais importante do que o que fizemos em Pose é o empoderamento dessa comunidade ao estar no centro de uma narrativa”, disse. Ele também contou que ama o fato de a série poder explorar comentários sociopolíticos da comunidade LGBTQ no final do anos 80, e que “vai adorar navegar mais fundo dentro do ativismo da AIDS” na 2ª temporada.

A equipe de roteiristas de Pose voltará aos trabalhos a partir de setembro. Uma data para o retorno da produção ainda não foi determinada. No Brasil, Pose é exibida pelo canal FOX Premium.

Este texto foi escrito por Flávio Pinto via nexperts.

Assuntos
Bastidores

Leia Mais

Deixe seu comentário