The Resident: o que achamos da nova série da FOX

  • por Minha Série em 31/01/2018 - 14:33

Situada no hospital Chastain Park, a série The Resident acompanha a rotina do médico residente Devon Pravesh (Manish Dayal) e suas dificuldades em lidar com seu orientador Dr. Conrad Hawkins (Matt Czuchry) e os questionamentos éticos que envolvem a medicina. Emily VanCamp (Revenge) como enfermeira Nicolette Nevin e Bruce Greenwood (Star Trek) como Dr. Randolph Bell completam o elenco principal.

O episódio piloto já começa apresentando qual vai ser o principal foco da série: mostrar a falta de ética conciliada à arrogância de ser um médico. Ele faz isso mostrando o médico chefe do hospital matando um paciente na mesa de cirurgia e chantageando os companheiros para poder esconder que foi uma falha sua. É uma boa forma de começar um episódio, principalmente porque já cria um “vilão” e suas fraquezas, bem como um leque de rumos possíveis a partir desse ocorrido.

Logo em sequência, somos apresentados aos dois protagonistas: Dr. Devon, um jovem entusiasmado com a nova carreira no hospital dos sonhos, e o Dr. Conrad, um brilhante médico que à primeira vista é uma pessoa extremamente arrogante. É aqui que o episódio ganha força; a relação dos dois é o que vai mover a série e, com um belo trabalho de desenvolvimento, ela quebra a expectativa logo nesse início.

Apesar da arrogância, Conrad é extremamente profissional e dá um choque de realidade em Devon, sobre as dificuldades de ser um médico. Nós o vemos crescer como personagem, acrescentando camadas e um senso de justiça, enquanto Devon vai se tornando mais cético, perdendo um pouco o entusiasmo do começo, mas criando uma maturidade em relação a suas decisões. É uma dinâmica que só tem a crescer durante a temporada.

Infelizmente, a personagem Nic não teve um bom começo apesar de apresentar sua triste história de fundo. Ela é mostrada como um interesse amoroso de Conrad e serve como uma motivadora de Devon nesse primeiro episódio. Pelo que foi apresentado, ela parece ser uma personagem bem unilateral, e seu desenvolvimento depende muito dos personagens ao seu redor.

The Resident chega para buscar seu lugar no meio de séries médicas já consagradas. Em um primeiro contato, ela tenta fugir dos clichês e apresentar novos conceitos, mas sem muito sucesso. Além disso, joga no ar alguns temas que podem ser abordados com mais profundidade no futuro, principalmente o racismo. Agora é observar o desenvolvimento da série e esperar que ela fuja do caminho mais fácil; caso contrário, será mais um drama médico comum.

Este texto foi escrito por Pedro Henrique via n-Experts.

Séries Relacionadas: The Resident
Assuntos: Novas séries, Reviews, Especiais, Midseason 2018

Leia Mais

Deixe seu comentário