Amazing Stories: Bryan Fuller e Hart Hanson deixam produção de reboot da série da Apple

  • por Minha Série em 09/02/2018 - 14:40

De acordo com The Hollywood Reporter, o produtor de Hannibal e Pushing Daisies, Bryan Fuller, deixou o cargo de showrunner do reboot da série Amazing Stories, da Apple. O motivo de sua saída seriam divergências criativas. Fuller queria uma série mais obscura, ao estilo de Black Mirror, enquanto a Apple buscava algo como um tom mais familiar.

E aproveitando o “embalo”, o criador de Bones, Hans Hanson, que era um dos produtores executivos do reboot junto com o Fuller, também preferiu deixar o cargo, alegando o mesmo motivo.

Saídas amigáveis

Fuller estava envolvido com o projeto, que foi originalmente iniciado pela NBC, desde 2015. Após a migração para a Apple no ano passado e a entrada de Steven Spielberg e a Universal Television no projeto, foram encomendados dez episódios.

A série original foi produzida por Steven Spielberg e exibida por duas temporadas na década de 80 na NBC, como uma antologia, mostrando histórias de ficção científica, fantasia e terror voltadas para crianças e adolescentes. Ela foi indicada 12 vezes ao prêmio Emmy e venceu 5 nesse curto período exibido na televisão. A série também foi uma das primeiras a entrar no currículo de grandes nomes como o diretor de Homeland, Lesli Linka Glatter, e o diretor da Pixar, Brad Bird.

Recentemente, Fuller deixou também American Gods, da qual era co-showrunner, mas antes disso, em outubro de 2016, abandonou Star Trek: Discovery, da CBS All Access. E, em janeiro deste ano, ele anunciou que está envolvido em uma nova série a ser adaptada para televisão — As Crônicas Vampirescas, saga escrita por Anne Rice, que será produzida pela Paramount Television e pela Anonymous Content.

A Apple ainda não divulgou nenhuma previsão de estreia para o reboot de Amazing Stories, que será lançado através do iTunes.

Este texto foi escrito por Fernando Fabretti via n-Experts.

Assuntos
Bastidores

Leia Mais

Deixe seu comentário