Roteirista que ganhou Emmy por Mad Men revela assédio de Matthew Weiner

  • por Guilherme Haas em 10/11/2017 - 12:05

A roteirista Kater Gordon, que dividiu uma vitória no Emmy com Matthew Weiner (criador de Mad Men) na categoria roteiro em drama, acusou seu antigo chefe de assédio.

Ao The Information, Gordon contou que na época em que trabalhava em Mad Men, quando tinha 27 anos de idade, Weiner disse, em certa ocasião, que ela deveria deixar que ele a visse nua.

Após essa ocorrência, Gordon foi demitida do programa, mesmo tendo conquistado na época a estatueta do Emmy, o que levou a especulações na mídia sobre a verdadeira razão de sua demissão.

Kater Gordon ao lado de Matthew Weiner recebendo o Emmy de roteiro dramático por Mad Men. Fonte da imagem: Reprodução/IMDb

Segundo a roteirista, esse incidente abalou sua confiança e ela não conseguiu mais trabalhar na TV desde então: “Eu havia vencido o Emmy, mas em vez de usar isso como plataforma de lançamento para o resto da minha carreira, aquilo acabou se tornando uma âncora porque senti que tinha que responder às especulações na imprensa. Por fim, eu acabei me afastando ao invés de lutar".

Em resposta à acusação, um representante de Matthew Weiner disse ao The Information: “O Sr. Weiner passava de oito a dez horas por dia escrevendo diálogos em voz alta com a Senhorita Gordon, que começou em Mad Men como assistente de roteirista. Ele não se lembra de fazer este comentário, e ele não representa um comentário que ele diria a qualquer colega de trabalho”.

Assuntos
Celebridades

Leia Mais

Deixe seu comentário