American Crime Story: temporada sobre Katrina sofre modificações

  • por Guilherme Haas em 12/08/2017 - 16:52

A temporada de American Crime Story sobre o impacto do furacão Katrina na história dos Estados Unidos passa por uma profunda reestruturação.

Os produtores anunciaram nesta semana que mudaram a proposta da narrativa, passando a utilizar o livro “Five Days at Memorial”, de Sheri Fink, como base para a criação da temporada.

A nova trama explora as consequências do furacão Katrina no New Orleans Memorial Medical Center, quando a equipe do hospital – liderada pela Dra. Anna Pou – decidiu sacrificar pacientes criticamente doentes depois de ficarem presos no local por dias sem energia.

O livro explora as tentativas de processar Pou e dois enfermeiros por homicídio, após uma investigação revelar níveis elevados de morfina e outras drogas em 23 pacientes que morreram no hospital. A atriz Sarah Paulson está encarregada de interpretar a Dra. Anna Pou.

Sarah Paulson vai liderar o elenco de American Crime Story: Katrina. Fonte da imagem: Reprodução/IMDb

Como essa mudança de trama para a temporada, os atores Annette Bening, Matthew Broderick e Dennis Quaid – anteriormente contratados para American Crime Story: Katrina – podem ser dispensados ou serem reescalados em outros papéis. A trama anterior seria baseada no livro “The Great Deluge”, mostrando figuras como o presidente George W. Bush (que seria interpretado por Quaid).

A dificuldade em encontrar a narrativa certa para American Crime Story: Katrina gerou o atraso da produção, obrigando os realizadores a adiantarem American Crime Story: Versace, que deveria ser o terceiro ano da série, mas passou a ocupar o lugar da segunda temporada.

American Crime Story: Versace, com uma narrativa contada de trás para frente, mostrando o assassinato do estilista Gianni Versace, estreia no começo de 2018. Já American Crime Story: Katrina fica para 2019.

Assuntos
Bastidores, Elenco

Leia Mais

Deixe seu comentário